Meteorologia

  • 19 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Helicóptero que transportava presidente do Irã faz “pouso forçado"

O incidente com o aparelho onde seguia Ebrahim Raisi ocorreu perto da cidade de Jolfa, a cerca de 600 km a noroeste da capital Teerã.

Helicóptero que transportava presidente do Irã faz “pouso forçado"
Notícias ao Minuto Brasil

11:01 - 19/05/24 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo Irã

Um helicóptero que transportava o presidente do Irã foi obrigado a fazer um "pouso forçado", informou a televisão estatal iraniana citada pela Sky News. 

O incidente com o aparelho onde seguia Ebrahim Raisi ocorreu perto da cidade de Jolfa, a cerca de 600 km a noroeste da capital Teerã.

O helicóptero era um dos três que transportavam o presidente e a sua comitiva, segundo a imprensa local.

Segundo o The Telegraph, não ficou imediatamente claro o que causou a descida do helicóptero.

Raisi tinha estado no Azerbaijão no início de domingo para inaugurar uma barragem com o homólogo azeri, Ilham Aliyev, naquela que é a terceira barragem construída pelos dois países no rio Aras.

As equipes de salvamento estão dirigindo-se para o local. O ministro do Interior do Irã afirmou que o acesso ao local do incidente vai demorar algum tempo. O nevoeiro espesso e a fraca visibilidade estão dificultando os esforços para chegar ao local, ainda segundo a televisão estatal.

Entre as outras autoridades a bordo do helicóptero encontrava-se o governador da província do Azerbaijão Oriental e o Ministro dos Negócios Estrangeiros Hossein Amir Abdollahian.

O Irã possui uma variedade de helicópteros no país, mas as sanções internacionais dificultam a obtenção de peças para os mesmos. A sua frota aérea militar também remonta, em grande parte, ao período anterior à Revolução Islâmica de 1979.

Raisi, de 63 anos, é um homem de linha dura que anteriormente dirigiu o poder judicial do país e é caracterizado como um protegido e possível sucessor do líder supremo do Irã, o aiatola Ali Khamenei.

Raisi venceu as eleições presidenciais iranianas de 2021, uma votação que registou a taxa de participação mais baixa da história da República Islâmica.

Leia Também: Irã executa duas mulheres na forca, e ONG vê uso político da pena de morte

Campo obrigatório