Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Sunak convoca eleições no Reino Unido para julho, e rei aceita dissolução do Parlamento

Sunak anunciou a data das eleições em frente à residência oficial do governo britânico, o número 10 da Downing Street, em Londres

Sunak convoca eleições no Reino Unido para julho, e rei aceita dissolução do Parlamento

Getty Images

Notícias ao Minuto Brasil

16:36 - 22/05/24 por Folhapress

Mundo Eleições

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, anunciou nesta quarta-feira (22) que as próximas eleições gerais serão realizadas daqui a pouco mais de um mês, em 4 de julho. A data é bastante anterior ao prazo final para a convocação do pleito, janeiro de 2025.

Ao realizar as eleições agora, ele estaria apostando que as últimas boas novas na economia -como a queda da inflação e a aceleração do ritmo de crescimento do país, o maior em quase três anos- podem reverter o favoritismo da sigla da oposição, o Partido Trabalhista, nas urnas.

As probabilidades jogam contra ele. Além da impopularidade, o premiê ainda está bastante isolado em seu partido, e depende cada vez mais de uma pequena equipe de assessores para guiá-lo na campanha. A derrota de seu Partido Conservador significaria o fim de um período de 14 anos da sigla no poder.

Ao anunciar a datas das eleições, Sunak afirmou que já pediu também a dissolução do Parlamento ao rei Charles 1º, que aceitou o pedido. Isso ocorrerá em 30 de maio -as eleições gerais acontecem 25 dias úteis depois.

Sunak anunciou a data das eleições em frente à residência oficial do governo britânico, o número 10 da Downing Street, em Londres, sob uma chuva insistente. Hoje com 44 anos, o ex-ministro do Tesouro e das Finanças assumiu a liderança do governo há menos de dois anos. Desde então, tem lutado para defender sua agenda, mas ficado cada vez mais frustrado com a falta de apreço por seus sucessos.

Campo obrigatório