Meteorologia

  • 15 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Morre Richard Lewis, ator e comediante da série 'Segura a Onda', aos 76 anos

A informação foi confirmada pelo agente do artista, Jeff Abraham. Ele diz que o ator sofreu um ataque cardíaco fulminante

Morre Richard Lewis, ator e comediante da série 'Segura a Onda', aos 76 anos
Notícias ao Minuto Brasil

05:20 - 29/02/24 por Folhapress

Fama RICHARD-LEWIS

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator e comediante Richard Lewis, conhecido por seus especiais de comédia e a série "Segura a Onda", morreu na noite da última terça-feira, aos 76 anos.

A informação foi confirmada pelo agente do artista, Jeff Abraham. Ele diz que o ator sofreu um ataque cardíaco fulminante. Lewis também enfrentava o Parkinson, algo que ele tornou público em abril do ano passado.

A doença levou Lewis a se aposentar da comédia e até a anunciar a saída de "Segura a Onda" em seu 11° ano. No programa, interpretava uma versão ficcional de si mesmo. Ele acabaria participando da temporada, surpreendendo o público e a equipe do seriado.

Nascido em Nova York em 1947, o artista começou a carreira em clubes de comédia que tinham noites de microfone aberto ao público, no bairro de Greenwich Village. Ele faria sua estreia na televisão em 1979, com o filme "Diary of a Young Comic".

Depois disso, ele ganharia fama ao longo dos anos 1980 e 1990 com diversas participações em programas noturnos, incluindo o The Tonight Show e o Late Show with David Letterman. Seu estilo de comédia autodepreciativo encantaria o público americano e o catapultaria à fama no humor.

Entre os projetos que abraçou, o destaque vai para os especiais de comédia feitos para a programação da HBO, como "I'm Exhausted", de 1988, e "I'm Doomed", de 1990. Ele ainda fez "I'm in Pain", em 1985, para o canal Showtime.

Como ator, Lewis ganharia espaço com a série "Anything But Love", que protagonizou ao lado de Jamie Lee Curtis entre os anos de 1989 e 1992. O programa chamou a atenção ao mostrar o dia a dia de um casal que trabalhava para uma revista de Chicago.

O sucesso renderia ao comediante alguns papéis no cinema no começo dos anos 1990. O grande destaque foi o drama "Despedida em Las Vegas", de 1995, filme que renderia a Nicolas Cage o seu Oscar de melhor ator.

Lewis ainda trabalhou em comédias como "A Louca! Louca História de Robin Hood", dirigida por Mel Brooks e lançada em 1993, e "Hugo Pool", comandada em 1997 por Robert Downey Sr. –pai do ator Robert Downey Jr.. Também protagonizou "Uma Dose de Esperança", de Peter Cohn, em 1995.

Este último projeto foi também uma forma de Lewis discutir nas telonas o seu problema com o álcool e as drogas. Em entrevistas, o comediante chegou a dizer que conseguiu largar o vício por causa da morte do ator John Candy em 1994 –ele também morreu de um ataque cardíaco.

Richard Lewis deixa a mulher, Joyce Lapinsky, com quem era casado desde 2005.

Leia Também: Bradley Cooper revela que teve dúvidas sobre amar a filha

Receba as notícias dos famosos, novelas, BBB e outros reality shows.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de actores, actrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório