Meteorologia

  • 19 ABRIL 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Onze pessoas são atacadas por piranhas em represa no interior de SP

De acordo com a prefeitura, as vítimas tiveram ferimentos leves, nas pernas e nos pés. Elas foram socorridas por bombeiros e levadas ao pronto-socorro

Onze pessoas são atacadas por piranhas em represa no interior de SP
Notícias ao Minuto Brasil

07:14 - 05/03/24 por Folhapress

Brasil PIRANHA-SP

(FOLHAPRESS) - Onze foram pessoas foram atacadas por piranhas neste final de semana em Pereira Barreto, no interior de São Paulo.

De acordo com a prefeitura, as vítimas tiveram ferimentos leves, nas pernas e nos pés. Elas foram socorridas por bombeiros e levadas ao pronto-socorro.

O ataque ocorreu na chamada Prainha do Pôr do Sol, às margens do rio Tietê. O local conta com quiosques e recebe centenas de pessoas, principalmente aos finais de semana, que se reúnem para atividades aquáticas e para pescar. A cidade, além do rio Tietê, é cercada pelo rio São José dos Dourados, com diversos tipos de peixes, o que a tornou ponto de atração para pescadores de diversas regiões.

A gestão municipal afirma que um biólogo foi acionado para ir ao local e constatou que os ataques são fruto de desequilíbrio ambiental, pesca irregular e alimentos que são jogados na água por banhistas.

Além disso, nesta época do ano ocorre a reprodução da espécie, com a desova. Esses fatores podem influenciar o deslocamento dos cardumes para as margens, causando os incidentes.

As piranhas são peixes carnívoros de água doce, nativos da América do Sul. Em caso de ataque, o banhista deve sair imediatamente da água, lavar o ferimento e ir ao pronto-socorro mais próximo, porque as mordidas do peixe podem causar tétano e infecções.

Avisos provisórios estão sendo colocados ao longo da prainha, proibindo o banho.

Leia Também: Aurora boreal ilumina céu noturno da Escócia; veja as imagens

Campo obrigatório