Meteorologia

  • 25 MAIO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Mansões que Gugu deixou de herança são avaliadas em cerca de R$ 7 milhões cada

A casa americana é a mesma em que Gugu morava e onde sofreu o acidente fatal. Está localizada em Windermere, comunidade pouco movimentada, com ares de interior e repleta de natureza. São 600 m² no total, seis quartos e sete banheiros. Uma piscina de água salgada completa a atmosfera luxuosa do imóvel.

Mansões que Gugu deixou de herança são avaliadas em cerca de R$ 7 milhões cada
Notícias ao Minuto Brasil

12:40 - 25/06/23 por Folhapress

Fama GUGU-LIBERATO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os herdeiros de Gugu Liberato receberam, por meio do testamento que o apresentador deixou e que foi validado na última semana pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ), duas mansões avaliadas em R$ 6,7 milhões e R$ 7 milhões. A primeira fica em Orlando, nos Estados Unidos, e a segunda, em Guarujá, no litoral sul paulista.

A casa americana é a mesma em que Gugu morava e onde sofreu o acidente fatal. Está localizada em Windermere, comunidade pouco movimentada, com ares de interior e repleta de natureza. São 600 m² no total, seis quartos e sete banheiros. Uma piscina de água salgada completa a atmosfera luxuosa do imóvel.

No Brasil, a mansão fica em um condomínio isolado, à beira mar. Construída sobre uma pedra, tem quatro andares e até uma passagem secreta que leva os moradores direto à praia da Enseada.

Ainda não se sabe com qual dos herdeiros cada imóvel ficará. Rose Miriam, mãe dos filhos do apresentador e que luta para ser incluída no testamento, fica com uma mansão em Alphaville, bairro nobre dos municípios de Barueri e Santana de Parnaíba, no estado de São Paulo.

O imóvel de 1.020 m² é avaliado em R$ 6 milhões e foi dado ainda em vida pelo apresentador a Rose, em 2012. Em 2022, seu advogado informou que ela havia decidido transferir a casa para o nome dos filhos do casal.

Além da casa, ela recebe uma pensão de US$ 10 mil, o equivalente a R$ 47,6 mil, valor determinado pela Justiça após a morte do apresentador, em 2019. Inicialmente, o valor determinado era US$ 100 mil, mas a quantia foi reduzida.
O testamento não reconhece Rose Miriam como companheira em união estável. Isso inviabiliza seu acesso à herança. O montante é avaliado em R$ 1 bilhão e será dividido entre os três filhos –que ficam com 75% do valor–, além dos cinco sobrinhos –que ficam com os 25% restantes.

Uma pensão vitalícia também está prevista para a mãe de Gugu, Maria do Céu Moraes, no valor de R$ 163 mil por mês.
Na quarta (21), Rose Miriam e os três filhos de Gugu tomaram então conhecimento da existência de uma ação de investigação de paternidade "post mortem" contra o apresentador, aberta em março.

O suposto novo filho de Gugu se chama Ricardo Rocha, tem 48 anos, é comerciante e pede a reserva do quinhão que lhe caberia na herança caso se prove que ele é, mesmo, irmão dos herdeiros já reconhecidos.

Para isso, ele solicita que os supostos parentes se submetam a exame de DNA. Caso se neguem, defende que o corpo do apresentador seja exumado para que o teste seja realizado.

Leia Também: Nasce a primeira filha da jornalista Aline Midlej: 'Maior presente'

Receba as notícias dos famosos, novelas, BBB e outros reality shows.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de actores, actrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório