Meteorologia

  • 12 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Justiça nega liminar de Alexandre Corrêa para parar processo por estelionato movido por Ana Hickmann

Ana acusa Alexandre de estelionato, formação de quadrilha e fraude

Justiça nega liminar de Alexandre Corrêa para parar processo por estelionato movido por Ana Hickmann
Notícias ao Minuto Brasil

10:00 - 14/12/23 por Folhapress

Fama ALEXANDRE-CORREA

(FOLHAPRESS) - O ex-marido da apresentadora Ana Hickmann, o empresário Alexandre Corrêa, teve negado nesta quarta-feira (13) um pedido liminar de habeas corpus para que fosse suspensa a investigação contra ela, baseada em uma queixa-crime que Ana apresentou contra ele.

Ana acusa Alexandre de estelionato, formação de quadrilha e fraude. O empresário teria desviado cerca de R$ 25 milhões e falsificado assinaturas da ex-modelo para pedir empréstimos e créditos em pelo menos seis bancos, como Bradesco e Banco do Brasil.

A Folha de S.Paulo teve acesso ao documento, que está na 1ª Vara Criminal e de Violência Contra Mulher do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo). O juiz do caso alegou que a investigação não poderia ser suspensa porque ela depende de documentos de terceiros envolvidos no caso.

Além disso, a defesa de Ana Hickmann apresentou uma robustez de provas gigantescas, o que para o magistrado, precisa ser averiguado para esclarecimentos dos fatos.

O pedido do mérito, no entanto, foi aceito. Haverá julgamento da solicitação para paralisar o caso em uma data ainda não sinalizada pela Justiça.

Procurado, o advogado Enio Andrade, que representa Alexandre Corrêa, confirmou a negativa da Justiça e diz que o seu cliente está bastante tranquilo.

"De fato, foi indeferida a liminar, mas o processo foi aceito. Vai ter o julgamento do mérito. Ele não aceitou a liminar porque o Alexandre Correa não foi nem indiciado. Estou tranquilo", disse ele.

Ana Hickmann acusa o ex-marido de desviar ao menos R$ 25 milhões do capital de suas empresas desde 2018 para uso próprio. A delegacia de Itu (SP) e o MP-SP investigam o caso.

Segundo advogados de Ana, os desvios eram feitos com Alexandre falsificando as assinaturas da apresentadora da Record em cheques e diversos contratos de empréstimos com bancos, que agora cobram os valores devidos da ex-modelo.

O inquérito foi aberto no último dia 29 de novembro, a pedido da promotora de Justiça Mariane Monteiro Schmidt. A polícia civil já começou as diligências.

Correa não agia sozinho, segundo a defesa de Ana Hickmann. Outras duas mulheres que atuavam na empresa Hickmann Serviços Ltda, ajudavam o seu ex-marido a esconder documentos.

Assim, a polícia investiga a possibilidade de Alexandre Correa responder por lavagem de dinheiro e associação criminosa.

A notícia-crime afirma também que as dívidas da apresentadora e de suas empresas ultrapassam R$ 34 milhões. Todas elas são de empréstimos não reconhecidos feitos por Alexandre.

Em nota, Enio Murad, advogado de Alexandre Correa, afirma que Ana Hickmann quer se livrar das dívidas que deixou e fazer com o que apenas Alexandre pague o débito.

Leia Também: Atriz de 'The Big Bang Theory' diz ter sido diagnosticada com câncer no pulmão

Receba as notícias dos famosos, novelas, BBB e outros reality shows.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de actores, actrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório