Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Vídeo mostra chegada dos hóspedes à 'Vila Olímpica dos cavalos' no Rio

Verdadeiras estrelas das provas de hipismo, animais ganham mimos durante o vôo e já dormem em Deodoro

Notícias ao Minuto Brasil

12:06 - 31/07/16 por Notícias Ao Minuto

Esporte Luxo

Para grande parte das pessoas no mundo, viajar de avião não é exatamente algo confortável. Cadeiras apertadas, comida sem sabor e falta de espaço para descansar fazem parte da rotina de quem se desloca ao redor do globo a bordo de aeronaves.

Mas na madrugada deste sábado (30), 34 viajantes chegaram ao Rio vindos de Londres para os Jogos Olímpicos em uma realidade diferente. Eles tinham espaço de sobra, em baias individuais e personalizadas. Legumes e frutas frescas, além de água ou suco de maçã, foram servidos durante as quase 12 horas de vôo. Todo esse tratamento VIP não foi destinado a autoridades ou a algum atleta, mas sim aos cavalos que irão participar das provas de hipismo nos Jogos Rio 2016.

tratamento diferenciado se justifica. Fruto de linhagens puras e de raças nobres, um cavalo que compete em alto nível é avaliado em milhões de euros. Tanto que o Boeing SkyCargo 777-F que os trouxe ao Brasil foi projetado especialmente para o transporte dos animais. Além do peso dos próprios cavalos - cerca de meia tonelada cada -, o avião trouxe quase dez toneladas em equipamentos.

Centro Olímpico de hipismo é referência no esporte

O vôo trouxe cavalos de 10 nações diferentes (Grã-Bretanha, Irlanda, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Zimbábue, Brasil, Japão, Itália e China), entre eles Chilli Morning, montaria do britânico William Fox-Pitt, dono de três medalhas Olímpicas. Durante a viagem, cuidados especiais foram tomados, como o uso de bandagens para aquecer as patas dos animais e acompanhamento de veterinários para neutralizar qualquer tipo de alteração. Mas no fim, tudo correu bem.

"Eles se alimentaram, se hidrataram bastante e se comportaram bem durante a viagem", disse Nathan Anthony, veterinário da equipe australiana que acompanhou os cavalos do país no voo.

Após o desembarque, os animais foram transportados em quatro caminhões, que seguiram em comboio do terminal de cargas do Galeão até o Centro Olímpico de Hipismo, em Deodoro. Lá, encontraram mais luxo: o local foi totalmente reformado e conta com baias customizadas para que eles possam descansar, amenizando o desgaste das horas dentro do avião. 

Neste sábado, um novo vôo, desta vez vindo de Liège, na Bélgica, trará outros cavalos, entre eles o campeão Olímpico do Concurso Completo de Equitação (CCE), La Biosthetique Sam, da Alemanha. Ao todo, serão nove vôos, totalizando 236 animais que vão competir nas provas individuais e por equipes de CCE (Concurso Completo de Equitação), Adestramento e Saltos dos Jogos Rio 2016. 

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório