Meteorologia

  • 05 MARçO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Vazamento de gás na África do Sul deixa ao menos 16 mortos

Os serviços de emergência receberam a chamada às 20h no horário local (15h no horário de Brasília). Assim que chegaram, os socorristas se depararam com um vazamento de gás de um cilindro contendo óxido de nitrato, substância tóxica

Vazamento de gás na África do Sul deixa ao menos 16 mortos
Notícias ao Minuto Brasil

04:30 - 06/07/23 por Folhapress

Mundo ÁFRICA DO SUL-ACIDENTE

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao menos 16 pessoas, incluindo um bebê, morreram nesta quarta-feira (5) em um vazamento de gás numa comunidade na cidade de Boksburg, próxima de Joanesburgo, na África do Sul.

Os serviços de emergência receberam a chamada às 20h no horário local (15h no horário de Brasília). Assim que chegaram, os socorristas se depararam com um vazamento de gás de um cilindro contendo óxido de nitrato, substância tóxica.

Investigações preliminares indicam que o gás era utilizado para atividades de mineração ilegal, disse o porta-voz do serviço de emergência, William Ntladi, acrescentando que as operações de resgate continuavam. "Assim que a cena se desenrolar, chegaremos aos números exatos de mortes e de feridos."

Em um primeiro momento, as autoridades disseram que 24 pessoas haviam morrido no incidente, mas revisaram o número para baixo horas depois. As identidades das vítimas não foram reveladas. Também não se sabe se garimpeiros ilegais estão entre os mortos, disse o porta-voz Ntlad.

Panyaza Lesufi, primeiro-ministro da província de Gauteng, onde Boksburg está localizada, visitou o local da tragédia e manifestou solidariedade às vítimas e seus familiares. Ele disse que os corpos estavam espalhados pela área, e que um bebê de um ano morreu no incidente. "É doloroso, emocionalmente desgastante e trágico", afirmou.

Leia Também: Irmãos são suspeitos de esconder corpo do pai para receber aposentadoria na Itália

Campo obrigatório