Meteorologia

  • 01 MARçO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Vários cães permanecem em canis após ataque fatal à cuidadora

Animais esperam por um veredito acerca do seu destino.

Vários cães permanecem em canis após ataque fatal à cuidadora
Notícias ao Minuto Brasil

14:00 - 16/07/23 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo Inglaterra

Cinco cães continuam sendo mantidos em canis privados, longe dos seus donos, cerca de seis meses após a sua cuidadora profissional, Natasha Johnston, ter sido fatalmente atacada enquanto os passeava, segundo o Daily Mail.

O destino dos animais ainda não foi determinado após o terrível ataque do passado mês de janeiro.

Natasha Johnson, de 28 anos, morreu devido a múltiplas mordidas no pescoço, incluindo uma que lhe perfurou a veia jugular, que aconteceu quando passeava oito cães em Caterham, Surrey, no sudeste de Inglaterra. 

Acredita-se que o cão responsável pela morte da cuidadora fosse mesmo o American Bully XL de que era proprietária, abatido na sequência das conclusões da investigação policial sobre a morte de Natasha. Outros dois - da raça Dachshund - foram já devolvidos à dona, em abril passado.

Os restantes cinco ainda esperam por um veredito acerca do seu destino.

Segundo a imprensa britânica, os animais estão sendo mantidos nos canis sem que tenha sido fixado um prazo para uma tomada de decisão sobre o seu futuro, numa época em que passaram já seis meses desde o incidente. 

Os proprietários aguardam uma decisão judicial, que pode resultar, para estes animais, que sejam obrigados ao uso de trelapara serem mantidos sob "controle adequado". Podem também ser abatidos, caso o tribunal considere necessário.

Leia Também: Edifício colapsa na província italiana de Nápoles, 3 pessoas resgatadas

Campo obrigatório