Meteorologia

  • 04 JULHO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Vídeo emocionante em Manchester mostra público cantando Oasis

Irmãos Liam e Noel Gallagher, fundadores do Oasis, nasceram e cresceram em um bairro operário de Manchester

Notícias ao Minuto Brasil

03:00 - 29/05/17 por Ansa

Mundo Vigília

.

"Don't look back in anger", ou "não olhe para trás com raiva". O refrão de uma das músicas mais famosas da ex-banda britânica Oasis virou a principal resposta dos habitantes de Manchester ao atentado que matou 22 pessoas em um show de Ariana Grande na última segunda-feira (22).

Um dia depois do ataque, na terça passada (23), estudantes da escola de música de Chetham, vizinha à Manchester Arena, ficaram bloqueados dentro do perímetro de segurança estabelecido pela Polícia.

Durante a tarde, enquanto aguardavam a liberação das forças de segurança, os jovens se reuniram no pátio e começaram a cantar "Don't look back in anger", um dos maiores hinos do rock dos anos 1990. A música, que não tem um significado preciso, foi composta pelo ex-guitarrista do Oasis Noel Gallagher e uma das primeiras às quais ele também emprestou sua voz.

Nesta quinta-feira (25), moradores de Manchester se reuniram na St. Ann's Square para celebrar um minuto de silêncio em memória dos mortos no atentado. Após a homenagem, uma mulher começou a entoar a música sozinha, mas logo foi acompanhada pela multidão.

"'Don't look back in anger' explica tudo. Não podemos ficar olhando para trás, temos de olhar para o futuro, isso é o que Manchester faz", disse Lydia Bernsmeier-Rullow, a mancuniana responsável pela homenagem, ao site do jornal "Daily Mirror".

Os irmãos Liam e Noel Gallagher, fundadores do Oasis, nasceram e cresceram em um bairro operário de Manchester e mantêm fortes ligações com a cidade. "Totalmente em choque e absolutamente devastado com o que está acontecendo em Manchester. Mando amor e luz para todas as famílias envolvidas", escreveu Liam em seu Twitter após o atentado.

Já seu irmão mais velho postou na rede social o vídeo da homenagem na St. Ann's Square e um coração dedicado aos mancunianos, como são chamados os habitantes da cidade. (ANSA)

+ Rainha Elizabeth aprova série "The Crown"

Campo obrigatório