Meteorologia

  • 19 JULHO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Pacientes fogem de hospital e ameaçam esforços de contenção do ebola

OMS alerta para fugas impulsionadas por crenças religiosas, costumes ou ceticismo

Pacientes fogem de hospital e ameaçam esforços de contenção do ebola
Notícias ao Minuto Brasil

22:21 - 23/05/18 por Notícias Ao Minuto

Mundo Congo

Três pacientes infectados com o vírus ebola fugiram de uma área de isolamento na cidade de Mbandaka, na República Democrática do Congo. A informação foi avançada pelas autoridades de Saúde locais, que estão concentrados esforços para impedir a disseminação da doença, que teve novo surto declarado na região no dia 8 de maio.

O porta-voz da Organização Mundial de Saúde (OMS) no Congo, Eugene Kabambi, indicou à Reuters que dois pacientes deixaram o hospital, na segunda-feira (21), para se dirigirem a uma igreja, com a ajuda de familiares. Um deles morreu no dia seguinte em casa e foi enterrado com a ajuda dos Médicos sem Fronteiras. O outro foi levado para o hospital e acabou morrendo no mesmo dia, à noite.

Um outro paciente saiu do hospital no domingo à tarde, sem autorização, pouco antes de receber alta médica, mas foi encontrado pouco depois.

+ Juíza dos EUA proíbe Trump de bloquear usuários no Twitter

Estas fugas, esclarece a OMS, impulsionadas por crenças religiosas, costumes ou ceticismo, podem colocar em causa os esforços para conter a doença.

A OMS informou nesta quarta-feira (23) que está acelerando ações nos países vizinhos para tentar impedir a disseminação do surto de ebola além das fronteiras do Congo.

O último balanço do surto, com números registrados até 20 de maio, é de 27 mortos, 28 casos confirmados, 21 prováveis infectados e nove suspeitos.

A atualização do número de mortos, feita no domingo pelo ministro da Saúde da RDCongo, Oly Ilunga, chegou com a notícia da morte de uma enfermeira, em Bikoro, por causa do vírus.

Campo obrigatório