Meteorologia

  • 22 MAIO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Vídeo mostra Silvia Poppovic sendo agredida durante assalto em bairro rico de SP

Clique na imagem e assista o vídeo da agressão!

Notícias ao Minuto Brasil

05:00 - 17/04/24 por Folhapress

Fama Violência

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Imagens registradas por câmeras de segurança mostram o momento em que a jornalista e apresentadora Silvia Poppovic, 69, foi agredida durante um assalto na tarde de domingo (14) em Higienópolis, bairro de alta renda da região central da cidade de São Paulo.

Ela foi atacada enquanto percorria sozinha um trajeto de poucos metros até o prédio onde mora, após almoçar no apartamento de um amigo na mesma rua.

O agressor surpreendeu a vítima ao atacá-la pelas costas e envolver o pescoço dela com o braço, num golpe chamado de gravata ou mata-leão. Em seguida, o assaltante chutou as pernas da jornalista e, com ela já no chão, continuou o estrangulamento, arrancou-lhe um anel e na, tentativa de tirar uma pulseira, provocou cortes na mão da apresentadora.

"Pensei que ele iria arrancar a minha mão", relatou Silvia à reportagem ainda no domingo. Nesta terça (16), ela contou que a polícia ainda não identificou o suspeito.

A área que inclui os bairros da Consolação e de Higienópolis, no centro de São Paulo, registrou no primeiro bimestre do ano o recorde de roubos para o período em 22 anos -desde que a SSP (Secretaria da Segurança Pública) passou a divulgar os dados mensais.

Foram 628 casos registrados em janeiro e fevereiro de 2024 na região do 4º DP (Distrito Policial), que inclui os dois bairros. Isso significa uma alta de 8% em relação aos números dos dois primeiros meses de 2023. O recorde anterior tinha acontecido em 2020, quando foram 605 registros.

A alta contrasta com uma diminuição dos números de roubos registrados no centro de São Paulo como um todo.

Há seis meses, Silvia Poppovic havia sido vítima de outro roubo, também no bairro onde mora. Enquanto falava ao celular dentro de um táxi, um homem colocou parte do corpo pela janela parcialmente aberta para arrancar o aparelho da mão dela. "Ele ainda bateu no meu rosto com o celular", recorda.

Pouco depois da ocorrência do último domingo, por volta das 17h30, a apresentadora postou em suas redes sociais a foto da sua mão ensanguentada.

Com uma carreira de mais de 40 anos, Silvia deixou a TV aberta há cerca de três anos e atualmente faz sucesso na internet produzindo conteúdo sobre estilo de vida. No Instagram, plataforma em que ela também relatou o assalto, Silvia Poppovic tem cerca de 850 mil seguidores.

Ela disse esperar que a repercussão do caso leve ao aumento do policiamento. "Não tem uma ronda policial, não tem segurança em um bairro central de São Paulo, imagine como estão estão desassistidas as pessoas que moram na periferia", reclama.

"Eu não quero abrir mão do direito de andar a pé na cidade, não quero sair por aí de carro blindado, sou uma pessoa positiva e que sempre teve esperança que as coisas iriam melhorar, mas parece que estão piorando", desabafa a apresentadora.

A Secretaria de Segurança Pública da gestão do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), informou que o caso está sob investigação no 4º Distrito Policial (Consolação). O crime, porém, foi registrado como roubo no 3º Distrito Policial (Campos Elíseos).

Leia Também: Fora da cadeia, Daniel Cravinhos pede perdão a Andreas von Richthofen

Receba as notícias dos famosos, novelas, BBB e outros reality shows.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de actores, actrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório