Meteorologia

  • 05 MARçO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

O momento em que hospital em Gaza é atingido por ataque aéreo

Pelo menos 500 pessoas morreram no ataque, que causou ainda centenas de feridos

Notícias ao Minuto Brasil

07:07 - 18/10/23 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo Israel/Palestina

Um vídeo que mostra o momento em que o hospital Al-Ahly Arab, na Faixa de Gaza, foi atingido por um ataque aéreo foi divulgado na rede social X (Twitter). Pelo menos 500 pessoas morreram no ataque, que causou ainda centenas de feridos.

O ataque foi condenado por vários líderes e entidades mundiais, que o classificaram de "horrível", "brutalidade sem precedentes" e "um crime de guerra selvagem".

O alto representante da União Europeia (UE) para a Política Externa, Josep Borrell, exigiu que se esclareça claramente a responsabilidade pela explosão. Já o secretário-geral da ONU, António Guterres, disse estar "horrorizado" com o assassinato de centenas de civis palestinos no ataque a um hospital em Gaza.

Por sua vez, o presidente dos EUA, Joe Biden, expressou "as suas mais profundas condolências pelas vidas inocentes perdidas na explosão".

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, recusou de imediato a responsabilidade do ataque e salientou que "foram terroristas bárbaros" que cometeram o crime. "Após verificação cuidadosa", o Exército de Israel reforçou a ideia de que a explosão no hospital de Gaza não foi causada por fogo israelense, mas por foguetes da Jihad Islâmica, que negou as acusações.

O hospital servia de abrigo a famílias na sequência de contínuos bombardeios israelenses em Gaza. A maior parte dos feridos são mulheres e crianças.

Leia Também: As imagens do horror e brutalidade do ataque a hospital em Gaza

Campo obrigatório