Meteorologia

  • 12 JUNHO 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Imagens impressionantes mostram erupção de vulcão na Islândia

A península de Reykjanes, a sul da capital Reiquiavique, foi poupada das erupções durante oito séculos, até março de 2021. Esta nova erupção é a quarta em três anos.

Notícias ao Minuto Brasil

09:24 - 20/12/23 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo Islândia

Na segunda-feira à noite, a Islândia registrou uma nova erupção vulcânica, ao sul da capital Reykjavík, em uma área onde a atividade sísmica foi muito intensa em novembro.

Nas últimas horas, surgiram várias imagens da erupção, que começou a poucos quilômetros a nordeste de Grindavík, incluindo um vídeo captado pela Guarda Costeira do país.


Nas imagens, é possível ver um helicóptero da força aérea sobrevoando uma série de crateras no início da noite. A bordo estavam especialistas da Defesa Civil, do Instituto Meteorológico e da Unidade da Islândia, para avaliar a extensão da erupção, a quarta em três anos, o comprimento da fissura e o fluxo de lava.

Nesta terça-feira, a Guarda Costeira da Islândia compartilhou novas imagens dessa missão.

As imagens mostram o helicóptero sobrevoando as crateras e a lava fluindo da fissura. Os especialistas também podem ser vistos trabalhando no local.

A erupção está sendo monitorada de perto pelas autoridades islandesas. Até o momento, não há relatos de danos ou feridos.

Aqui estão algumas informações adicionais sobre a erupção:

A erupção começou às 22h40 de segunda-feira (horário local).

A fissura tem cerca de 500 metros de comprimento.

O fluxo de lava está fluindo a uma velocidade de cerca de 1 metro por minuto.

A erupção está sendo alimentada por um sistema vulcânico chamado Fagradalsfjall.

A Guarda Costeira da Islândia está pedindo às pessoas que evitem a área da erupção.

Também na manhã de hoje, o serviço de meteorologia islandês informou que a erupção vulcânica pode estar a estabilizar.

A península de Reykjanes, a sul da capital Reiquiavique, foi poupada a erupções durante oito séculos, até março de 2021.


Desde então, ocorreram outros dois, em agosto de 2022 e julho de 2023, um sinal, para os vulcanologistas, de retomada da atividade vulcânica na região.

Em 11 de novembro, os habitantes de Grindavík, uma pitoresca vila de 4.000 habitantes, foram retirados por precaução após centenas de terramotos causados pelo movimento de magma sob a crosta terrestre, precursor de uma erupção vulcânica.

Desde então, estes islandeses só podem visitar as suas casas em determinados horários do dia.

A erupção vulcânica começou pouco depois das 22h30 de segunda-feira. Até ao momento, não houve perturbações nas chegadas ou partidas no aeroporto de Keflavik.

Trinta e dois sistemas vulcânicos são considerados ativos neste país de fogo e gelo, a região mais vulcânica da Europa.

A erupção mais significativa aconteceu em 2010, quando o vulcão Eyjafjallajokull causou enormes nuvens de cinza que durante dias afetaram o ar e os voos em toda a Europa.

Campo obrigatório