Meteorologia

  • 16 ABRIL 2024
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Homenagens a Navalny são removidas durante a noite; veja o vídeo

Uma nota entregue à mãe de Navalny afirma que ele morreu às 14h17 de sexta-feira

Notícias ao Minuto Brasil

11:48 - 19/02/24 por Notícias ao Minuto Brasil

Mundo Alexei Navalny

Homenagens florais a Alexei Navalny, o mais ferrenho opositor do presidente Vladimir Putin, foram retiradas durante a noite de sábado por grupos não identificados, conforme mostram vídeos nas redes sociais e que podem ser vistos acima.

Mais de 400 pessoas foram detidas em várias cidades da Rússia depois de prestarem homenagens a Navalny com flores, de acordo com o OVD-Info, um grupo que monitora a repressão política no país.

A inesperada morte de Navalny, aos 47 anos, impactou muitos russos que depositavam nele suas esperanças para o futuro como crítico de Putin.

Mesmo após sobreviver a um envenenamento e enfrentar várias condenações, Navalny manteve sua crítica implacável ao Kremlin.

A notícia de sua morte reverberou globalmente, levando centenas de pessoas em dezenas de cidades russas a prestarem homenagens com flores e velas em memoriais e monumentos improvisados às vítimas da repressão política.

No entanto, a polícia bloqueou o acesso a um memorial em Novosibirsk e deteve pessoas em locais semelhantes em Surgut, conforme relatado pelo OVD-Info.

Grigory Mikhnov-Voitenko, um sacerdote da Igreja Ortodoxa Apostólica, também foi detido por organizar uma cerimônia em memória de Navalny e, posteriormente, hospitalizado após um AVC.

A morte de Navalny ocorre um mês antes das eleições presidenciais na Rússia, prevendo mais seis anos no poder para Vladimir Putin. A causa da morte ainda é incerta, e a entrega do corpo à família permanece indefinida.

A equipe de Navalny alega assassinato e acusa as autoridades de atrasar deliberadamente a liberação do corpo, gerando informações contraditórias para a mãe e advogados do opositor.

"Tudo está coberto por câmeras na prisão. Cada passo dele foi registrado. Em dois dias, não houve vazamentos. Não há espaço para incertezas", disse Leonid Volkov, aliado próximo de Navalny.

Uma nota entregue à mãe de Navalny afirma que ele morreu às 14h17 de sexta-feira. Preso desde janeiro de 2021, Navalny considerava sua sentença de 19 anos como uma prisão perpétua política.
 
 Leia Também: Corpo de Navalni apresenta sinais de hematomas e convulsões, diz jornal

Campo obrigatório